Connect with us

Esportes

Talisson Glock vence os 400m livre e conquista a 7ª medalha de ouro para a natação brasileira nos Jogos de Tóquio

Publicado

em

O catarinense Talisson Glock, de 26 anos, foi o responsável pela sétima medalha de ouro da natação brasileira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O feito foi alcançado na manhã desta quinta-feira, 2, quando o atleta venceu os 400m livre (classe S6), com o tempo de 4min54s42. O pódio foi completado pelo italiano Antonio Fantin (4min55s70) e por Viacheslav Lenskii, do Comitê Paralímpico Russo (5min04s84). 

Além deste ouro, Talisson já havia conquistado duas medalhas de bronze na capital japonesa: 100m livre e revezamento 4x50m livre – ate 20 pontos.  Desta forma, o catarinense superou o seu próprio desempenho nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, em que foi prata no revezamento 4x50m livre e bronze nos 200m medley. 

“Eu sabia que eu ia nadar bem. Nao sabia o quanto, mas sabia que eu ia nadar bem. É muito bom nadar entre os melhores e com os melhores. Consegui aplicar tudo o que treinei. Estou muito feliz. No futuro, acho que posso nadar para o recorde mundial nesta prova. Eu me vejo fazendo isso. É o meu objetivo, com certeza. Estou muito mais maduro e vou sair de Tóquio realizado”, afirmou Talisson. 

Esta é a 17ª medalha de ouro brasileira na capital japonesa. Agora, faltam apenas quatro para o país igualar a melhor marca de medalhas douradas em uma única edição. O recorde de 21 ouros foi alcançado em Londres 2012. 

O Brasil subiu ao lugar mais alto do pódio no Japão com: Talisson Glock (400m livre na classe S6), Alessandro Silva (lançamento de disco na classe F11), Beth Gomes (lançamento de disco na classe F52), Claudiney Batista (lançamento de disco na classe F56), Alana Maldonado (judô na categoria até 70kg), Mariana D’Andrea (halterofilismo na categoria até 73kg), Gabriel Bandeira (100m borboleta na classe S14), Carol Santiago (100m peito, 50m e 100 m livre na classe S12), Wendell Belarmino (50m na classe S11), Silvânia Costa (salto em distância na classe T11), Petrucio Ferreira (100m rasos na classe T47), Yeltsin Jacques (1.500m e 5.000m na classe T11) e Wallace dos Santos (arremesso de peso na classe F55).

Continuar Leitura
Clique para deixar um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esportes

Champions League: veja os classificados para as semifinais e as datas dos jogos

Após fim das quartas de final, competição chega aos últimos duelos antes da grande final. Jogos das semifinais acontecerão entre o fim de abril e o início de maio

Publicado

em

Lance

Lance Lance

Estão definidos os confrontos das semifinais da Champions League. Com o encerramento das quartas de final com os jogos desta semana, os quatro clubes que disputarão duas vagas na decisão já são conhecidos: Liverpool (ING), Manchester City (ING), Real Madrid (ESP) e Villarreal (ESP).

De um lado da chave, Real Madrid e Manchester City se enfrentam, enquanto Liverpool e Villarreal medirão forças do outro lado. Os jogos de ida acontecem nos dias 26 e 27 de abril, enquanto a volta será entre 3 e 4 de maio. A Uefa ainda vai divulgar a tabela completa.

+ Veja a tabela, os jogos e o chaveamento da Champions League

Esta fase da competição reúne, ao todo, 19 títulos de Champions League, mas apenas duas equipes levantaram o troféu: Real Madrid e Liverpool. Os Merengues, que têm 13 conquistas, venceram o torneio pela última vez em 2018. Os Reds, com seis títulos, venceram em 2019.

+ Saiba quais são os 20 jogadores mais valiosos das quartas de final da Champions League

A final da Champions League será no dia 28 de maio de 2022, no Stade de France, em Paris, a capital francesa. O estádio recebeu as decisões das Champions League 1999/2000 e 2005/2006 em que Real Madrid e Barcelona sagraram-se campeões, respectivamente.

Continuar Leitura

Esportes

Strava e Circuito Run Cities fecham parceria

União entre aplicativo e Iguana Sports vai criar uma série de novidades para corredores

Publicado

em

Lance

Lance Lance

O Strava, maior plataforma esportiva do mundo com mais de 97 milhões de atletas em 195 países, e o Circuito Run Cities estarão juntos em 2022. O aplicativo agora é a marca oficial da competição, organizada pela Iguana Sports desde 2017, e oferecerá uma série de diferenciais para os participantes das provas e atletas em geral, incluindo a criação e desafios de segmentos dos percursos.

A Run Cities tem três provas. A primeira será disputada no Rio de Janeiro, com um percurso de 21km, no dia 15 de maio. A segunda corrida da série acontecerá no dia em 31 de julho, em São Paulo, com as distâncias de 42km e 21km. Brasília fecha o circuito no dia 6 de novembro, com 21km.

“Estamos muito felizes em estar ao lado desse circuito tão importante de provas nessa retomada dos eventos. E as Run Cities têm nosso perfil, porque incluem atletas de todos os níveis, desde aqueles que correm por um lugar no pódio, passando por aqueles que desejam melhorar seu tempo e chegando nos que estão encarando um novo percurso pela primeira vez”, analisa Rosana Fortes, country manager do Strava no Brasil.

“A entrada do Strava nas Run Cities é um grande marco para nossa história, sem dúvida vai tornar a experiência dos participantes, do treino à prova, muito mais inspiradora e desafiadora, tendo todos os dados que o aplicativo oferece. Estamos ansiosos para colocarmos em prática nossa parceria com a plataforma número 1 dos corredores”, comentou Paulo Carelli, diretor de provas da Iguana Sports.

Continuar Leitura

Esportes

São Paulo x Everton-CHI: prováveis escalações, desfalques e onde assistir

Equipes se enfrentam nesta quinta-feira (14), às 19h15, no Morumbi, pela segunda rodada do Grupo D da Copa Sul-Americana

Publicado

em

Lance

Lance Lance

O São Paulo enfrenta o seu segundo desafio na Copa Sul-Americana nesta quinta-feira (14), às 19h15, no Morumbi, quando encara o Everton-CHI, pela segunda rodada do Grupo D, que é formado ainda por Jorge Wilstermann-BOL e Ayacucho-PER. O Tricolor lidera a chave, com três pontos.

VEJA A TABELA DA COPA SUL-AMERICANA 2022!

Relembre todas as estreias do São Paulo na Sula

Pensando na maratona de jogos que terá fora de casa -serão quatro, o técnico Rogério Ceni escalará um São Paulo mais alternativo novamente, assim como contra os peruanos. Sendo assim, o treinador deve dar oportunidade para alguns nomes como Patrick e Rigoni.

Um desfalque certo é André Anderson, que foi anunciado nesta semana e não está inscrito na competição. Gabriel Sara e Nestor treinaram com o elenco por dois dias seguidos e podem ser relacionados.

Já o Everton quer a primeira vitória na competição, já que empatou em casa com o Jorge Wilstermann-BOL por 1 a 1. Para isso, o time comandado por Francisco Meneghini aposta na qualidade do atacante argentino Lucas Di Yorio.

O jogador é o artilheiro isolado da equipe na temporada, com oito gols marcados. Para se ter uma ideia, o vice-artilheiro é Ismael Sosa, que marcou duas vezes.

SÃO PAULO X EVERTON-CHI
Local: Estádio do Morumbi
Data/Horário: 14/04/2022, às 19h15
Árbitro: Pablo Echavarría (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Sebastian Raineri (ARG)
VAR: Não tem
Onde acompanhar: CONMEBOL TV e em Tempo Real na parceria LANCE!/Voz do Esporte

SÃO PAULO
Jandrei (Volpi); Moreira, Arboleda, Miranda e Reinaldo; Luan, Andrés Colorado (Nestor) e Patrick; Marquinhos, Rigoni e Luciano. Técnico: Rogério Ceni.
Desfalques: André Anderson (não inscrito)

EVERTON-CHI
​Fernando De Paul; Cristopher Medina, Julio Barroso e Diego Oyarzún; Alex Ibacache, Rodrigo Echeverría, Álvaro Madrid, Adrián Sánchez e Juan Cuevas; Lucas Di Yorio e Ismael Sosa. Técnico: Francisco Meneghini.
Desfalques: –

Continuar Leitura

Em alta