Connect with us

Anápolis

Tempo seco em Anápolis acende sinal de alerta para os cuidados com o meio ambiente

Publicado

em

A chegada do período de estiagem acende o sinal de alerta para os cuidados com o meio ambiente e a possibilidade de incêndios. O risco de queimadas ameaça não apenas áreas de preservação isoladas, mas também centros urbanos, já que grande parte dos focos são provocados pelos próprios cidadãos.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano faz um alerta sobre essas queimadas indevidas dentro da cidade. De acordo com a Lei Federal nº 9.605/98, a pessoa que for pega em flagrante provocando queimada, seja em matas ou lotes vagos, poderá ser conduzida à Delegacia de Polícia, receber multa e até ser preso, de acordo com a gravidade do crime ambiental cometido.

A bióloga Luana Lisbôa, da Secretaria de Meio Ambiente, explicou que com alguns cuidados básicos é possível preservar o meio ambiente e proteger a população. “É essencial que todos façam sua parte para evitar as queimadas, principalmente manter os lotes capinados e limpos”, reforça.

O secretário da pasta, Mauro Douglas, afirmou que a Prefeitura investe na limpeza pública, e neste período, conforme cronograma pré-estabelecido, intensifica as ações. “Sabemos da importância da limpeza urbana, por isso mantemos as equipes diariamente nas ruas. Mas vale lembrar, em especial aos proprietários de áreas particulares, que seus terrenos também precisam ter rotinas de limpeza e capinação, para evitar transtornos e riscos à população”, complementou.

Em casos de incêndios próximos a residências ou em áreas de vegetação isoladas, o melhor a fazer é chamar os bombeiros, por intermédio do número 193. Informe a localidade, se possível em detalhes, para que os profissionais cheguem a tempo de conter as chamas. Nunca tente apagá-las você mesmo.

Anápolis

Mário Sérgio Cortella abre congresso promovido pela UEG em Anápolis

Publicado

em

Dos dias 1º a 3 de dezembro será realizado o VIII Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Goiás (Cepe|UEG), evento já tradicional para a comunidade acadêmica. O Cepe é o maior evento da UEG a congregar todas as áreas de formação e conhecimento e ocorrerá nos períodos matutino, vespertino e noturno, com palestras, simpósios temáticos, minicursos, mesas-redondas, oficinas e apresentações de trabalhos. A abertura do evento será realizada pelo reitor da UEG, Antonio Cruvinel, e os pró-reitores da Universidade. O Congresso ocorrerá de forma on-line, com transmissão pelo canal do YouTube da UEG TV.

A conferência de abertura do evento será realizada pelo professor, escritor e filósofo Mário Sérgio Cortella. Como ponto de partida, ele traz a palestra intitulada “Os rumos da universidade pública no pós-pandemia, com foco nas relações humanas entre professores, técnicos e alunos”. O palestrante, reconhecido nacional e internacionalmente, é formado em Filosofia, mestre e doutor em Educação. Ao todo, já publicou 47 livros publicados no Brasil e exterior.

Neste ano de 2021, o VIII Cepe tem como tema “Desafios e perspectivas da universidade pública para o pós-pandemia”. A proposta é debater os novos rumos da educação superior. “As atividades propostas pelo Cepe proporcionam uma troca de saberes muito rica e contribuem para garantir a interatividade e conexão entre os participantes. Por ser transmitido via UEG TV, o evento garante, ainda, a participação de interessados de todas as regiões do nosso Estado e até mesmo fora dele, facilitando o acesso e ampliando ainda mais a abrangência da nossa Universidade”, comemora o reitor da UEG, Antonio Cruvinel.

Recorde


O VIII Cepe bateu recorde no número de inscritos. Ao todo, foram 576 trabalhos submetidos por acadêmicos bolsistas e docentes vinculados às ações de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEG e 2.021 pessoas inscritas, contemplando toda a comunidade acadêmica. As inscrições para participar do evento e obter certificado já estão encerradas, no entanto, toda a programação poderá ser acompanhada pela UEG TV. As publicações do VIII Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEG podem ser acessadas no www.cepe.ueg.br .

Continuar Leitura

Anápolis

Recanto do Sol recebe van do Procon Anápolis até 3 de dezembro

Publicado

em

Depois de realizar mais de cem atendimentos na Praça Americano do Brasil, no centro, o serviço móvel de atendimento do Procon Anápolis estará disponível para moradores da região do Recanto do Sol, em frente ao CMEI Desembargador Air Borges, das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira, 3, oferecendo os mesmos serviços que o cidadão encontra na sede, como reclamações. A escolha do cronograma leva em consideração os bairros em que houve maior número de registros por parte dos moradores.

O Bairro de Lourdes será o próximo beneficiado. A van ficará estacionada em frente à unidade de saúde da família entre os dias 6 e 10 de dezembro também de 9h às 16h. Já o Bairro Paraíso receberá a unidade móvel entre os dias 13 a 17 de dezembro e ficará estacionado em frente ao Cais Abadia Lopes da Fonseca. A última região contemplada neste ano será a Praça Bom Jesus, no centro, entre os dias 20 a 23 de dezembro, ambos no mesmo horário.

“A ideia é continuar o trabalho no ano que vem para aproximar ainda mais o Procon da população”, afirma o diretor Wilson Velasco.

Continuar Leitura

Anápolis

Prazo para regularizar imóveis em Anápolis termina no dia 31 de dezembro.

Publicado

em

Termina no dia 31 de dezembro, o prazo final para que moradores possam fazer a regularização de seus imóveis sem o pagamento de multas.

Todos que construíram ou ampliaram seus imóveis sem o álvara devem fazer a regularização, além de evitar multas que variam de R$1 a R$100m², estar com o imóvel irregular inviabiliza recebimento de benefícios sociais como o cheque moradia e dificulta a venda do imóvel, pois a Caixa Econômica Federal não faz o financiamento sem a Carta de Ocupação ou o Habite-se..

Além disso, há empecilhos na hora de se fazer o inventário – levantamento de todos os bens de uma pessoa antes da morte – e impede legalmente o desdobro, que é o parcelamento do lote para formação de outros. Outro fator importante, é que os comércios que não estão regularizados não conseguem tirar o alvará de funcionamento.

Como regularizar?

Os interessados em regularizar seus imóveis devem procurar uma empresa de engenharia que ficará responsável por toda a elaboração do projeto e inclusive com a parte Burocrática. Em Anápolis a empresa mais procurada para regularização é a Carvalho Engenharia, além de *parcelar em até 10X, o cliente começa a pagar somente em fevereiro de 2022**, e cuida de todo o processo até que a carta de Habite-se esteja nas mãos do cliente. Para os interessados em fazer um orçamento, devem ligar no número, (62)981243015 / https://wa.me/556281243015

Continuar Leitura

Em alta