Connect with us

Anápolis

Prefeitura de Anápolis desenvolve ações de saúde mental no Setembro Amarelo

Publicado

em

Valorizar a vida é o mote do Setembro Amarelo, campanha que trata da prevenção ao suicídio. Em Anápolis, diversas ações de conscientização promovidas pela rede de atenção à saúde mental, da Secretaria Municipal de Saúde, estão acontecendo ao longo do mês. Nesta quinta-feira, 23, uma atividade na Praça Bom Jesus tem o intuito de alertar para a urgência do tema diante do cenário mundial provocado pela pandemia.

Com todos os cuidados sanitários, serão apresentados os serviços que compõem a rede de saúde mental do município, por meio de oficinas, orientações e cuidados, além de entretenimento. Profissionais da Secretaria de Integração Social também participam divulgando os serviços de suporte assistencial que a pasta oferece e orientações ao cidadão que precisa desse tipo de atendimento. O horário será das 9h às 12h e é direcionado a toda a população.

A equipe de saúde mental da Prefeitura tem desenvolvido ainda um trabalho voltado a estudantes do 6º ao 9º ano da Rede Municipal de Educação como forma de apoio psicológico, destacando o papel das habilidades socioemocionais na vida das crianças e adolescentes.

A rede de atenção à saúde mental de Anápolis é composta por três unidades do Caps e o Espaço Florescer (Ambulatório Municipal de Saúde Mental), que atuam mediante encaminhamento das unidades de saúde. O Centro de Apoio Psicossocial da Infância e da Adolescência (Capsi Crescer) atende crianças e adolescentes de zero a 18 anos que possuem algum tipo de transtorno mental. A unidade conta com psiquiatras, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Essa mesma equipe multidisciplinar é encontrada nos Caps AD Viver, um serviço específico para o cuidado e atenção continuada às pessoas com necessidades em decorrência do uso de álcool e drogas. Já o Vidativa acolhe aqueles que possuem qualquer transtorno ou problema de saúde mental, com idade entre 18 e 59 anos. Após os 60 anos, a referência é o Hospital Dia do Idoso.

É importante ressaltar que os Caps AD Viver e Vidativa funcionam 24h. O sistema foi implantando recentemente pela atual gestão para acolher os pacientes em momentos de crise. Também foi inaugurado o Espaço Florescer – Ambulatório de Saúde Mental – para pacientes infantis e adultos com transtornos classificados como leves e moderados.

Anápolis

Recanto do Sol recebe van do Procon Anápolis até 3 de dezembro

Publicado

em

Depois de realizar mais de cem atendimentos na Praça Americano do Brasil, no centro, o serviço móvel de atendimento do Procon Anápolis estará disponível para moradores da região do Recanto do Sol, em frente ao CMEI Desembargador Air Borges, das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira, 3, oferecendo os mesmos serviços que o cidadão encontra na sede, como reclamações. A escolha do cronograma leva em consideração os bairros em que houve maior número de registros por parte dos moradores.

O Bairro de Lourdes será o próximo beneficiado. A van ficará estacionada em frente à unidade de saúde da família entre os dias 6 e 10 de dezembro também de 9h às 16h. Já o Bairro Paraíso receberá a unidade móvel entre os dias 13 a 17 de dezembro e ficará estacionado em frente ao Cais Abadia Lopes da Fonseca. A última região contemplada neste ano será a Praça Bom Jesus, no centro, entre os dias 20 a 23 de dezembro, ambos no mesmo horário.

“A ideia é continuar o trabalho no ano que vem para aproximar ainda mais o Procon da população”, afirma o diretor Wilson Velasco.

Continuar Leitura

Anápolis

Prazo para regularizar imóveis em Anápolis termina no dia 31 de dezembro.

Publicado

em

Termina no dia 31 de dezembro, o prazo final para que moradores possam fazer a regularização de seus imóveis sem o pagamento de multas.

Todos que construíram ou ampliaram seus imóveis sem o álvara devem fazer a regularização, além de evitar multas que variam de R$1 a R$100m², estar com o imóvel irregular inviabiliza recebimento de benefícios sociais como o cheque moradia e dificulta a venda do imóvel, pois a Caixa Econômica Federal não faz o financiamento sem a Carta de Ocupação ou o Habite-se..

Além disso, há empecilhos na hora de se fazer o inventário – levantamento de todos os bens de uma pessoa antes da morte – e impede legalmente o desdobro, que é o parcelamento do lote para formação de outros. Outro fator importante, é que os comércios que não estão regularizados não conseguem tirar o alvará de funcionamento.

Como regularizar?

Os interessados em regularizar seus imóveis devem procurar uma empresa de engenharia que ficará responsável por toda a elaboração do projeto e inclusive com a parte Burocrática. Em Anápolis a empresa mais procurada para regularização é a Carvalho Engenharia, além de *parcelar em até 10X, o cliente começa a pagar somente em fevereiro de 2022**, e cuida de todo o processo até que a carta de Habite-se esteja nas mãos do cliente. Para os interessados em fazer um orçamento, devem ligar no número, (62)981243015 / https://wa.me/556281243015

Continuar Leitura

Anápolis

Wederson Lopes defende projeto de sua iniciativa que prevê aproveitamento de sobras de materiais de construção

Publicado

em

Wederson Lopes ressaltou que as sobras de materiais de construção, que não serão aproveitados em outras obras por construtoras, podem ser utilizadas pelo poder público para reparos em calçadas, praças, postos de saúde, escolas, entre outros.

O projeto votado na Câmara autoriza o Executivo a receber e aproveitar esses materiais em obras públicas. A regulamentação, lembrou Wederson Lopes, será feita pela própria administração municipal.

Disse ainda que será recebido e aproveitado o material que for de interesse do município. Lembrou ainda que em suas redes sociais foi feita sugestão para que parte desse material de construção para apoiar famílias carentes, situação que segundo ele pode ser inserido na regulamentação por parte da Prefeitura.

Continuar Leitura

Em alta